18 de nov de 2010

Paul McCartney em São Paulo (:

No sábado (13) eu consegui o que eu mais queria: Ingressos para ver o Paul McCartney ao vivo e em cores no Estádio do Morumbi no dia 21. Foi algo de que me lembrarei para sempre: desde o pagamento do ingresso até o último segundo do show.
O que eu realmente me espantei foi o horário da abertura dos portões: 17h30min para o show começar as 21h30min. O pior foi que eu descobri que as cadeiras não são numeradas. A primeira coisa que eu pensei foi: Ferrou. Mas dará tudo certo se Deus quiser! Seguem algumas informações sobre o show e sobre o Paul McCartney e a banda The Wings.
Paul McCartney:
  Nascido em 18 de junho de 1942 em Liverpool, Inglaterra. Ganhou de seu pai o primeiro instrumento musical da sua vida, um trumpete, em 1956. Paul ficou um pouco decepcionado com o presente, pedindo para seu pai para trocá-lo por um violão. Troca feita, o jovem Paul começou a praticar. Como era canhoto, teve que mudar a ordem das cordas para ter um certo sucesso, pois não conseguia tocar direito como destro.
  No ano seguinte, Paul foi apresentado a John Lennon, aceitando seu convite para entrar no Quarrymen Skiffle Group, que depois de muitos anos, nomes e formações, viraria os Beatles.
  O sucesso mundial e a fortuna chegaram nos anos 60 com o grupo que ousou mudar a música e a mentalidade de uma geração. Desavenças pessoais e profissionais interromperam a carreira dos Beatles. Os integrantes da banda desenvolveram estilos próprios muito diferentes entre si durante os anos. Todos já tinham famílias a quem também queriam se dedicar. A banda acaba oficialmente em 1970.
  Depois que Paul McCartney saiu dos Beatles, decidiu continuar fazendo música. Lançou um disco solo em 1970 e outro em parceria com sua esposa, Linda, no ano seguinte. Ainda em 1971, McCartney forma os Wings e consegue muito sucesso, emplacando vários hits nas paradas de todo o planeta. A década de setenta manteve Paul ocupado junto ao conjunto, entre muitas prisões por porte de drogas e confusões nos shows. As vésperas de uma seqüência de shows pelo Japão, é preso novamente por porte de maconha. Permanece na prisão por nove dias. Os motivos do fim da banda ainda são escusos, mas cogita-se que os músicos, insatisfeitos com a perda do contrato das apresentações no Japão (consequentemente, com a perca do dinheiro que iriam ganhar com os shows) e com o remuneração baixa, resolveram sair da banda.
Fonte
Foto:


PAULMCCARTNEY03


The Wings:
  Wings foi uma banda de rock dos anos 70, liderada por Paul McCartney, formada após o fim dos Beatles. Durou de 1971 até 1980. A banda atingiu bastante sucesso embora tenha mudado constantemente de integrantes. Somente três integrantes permaneceram do início ao fim: Paul McCartney, Linda McCartney (mulher de Paul) e Denny Laine.
Logo após o fim dos Beatles, Paul McCartney lançou seu primeiro álbum solo somente com a participação de sua mulher, Linda, nos vocais. No segundo álbum solo de Paul, houve a participação de outros musicos entre eles o baterista Denny Seweill.
   Em agosto de 1971, Paul resolveu formar uma nova banda de rock. Ele chamou o baterista Denny Seweill e o guitarrista Denny Laine (ex-Moddy Blues) para juntar-se a ele a a mulher. Segundo Paul, o nome da banda surgiu após o nascimento complicado de sua segunda filha, Stella McCartney.
Fonte
Foto:

PAULMCCARTNEY05
Mapa de assentos 21 1 22/11:

PAULMCCARTNEY01 
Eu vou ficar no número 7. Um pouco longe mas eu estarei lá. Isso é que vale! Será um show marcante para todos que estarão presentes. No show que fez em Porto Alegre, Paul falou algumas coisas em português como “Tri legal!” ou “Ah! Eu sou gaúcho.” Isso demonstra que ele se importa com seu público.
É um show seguro e clássico. Um ex-Beatle no Brasil? Não, realmente não é algo que se vê todo dia.
Aqui está a Playlist de seu show em Porto Alergre e mais uma foto:
Venus And Mars Rockshow,
Jet,
All My Loving,
Letting Go,
Drive My Car,
Highway,
Let Me Roll It,
Long And Winding Road,
1985,
Let Me In,
My Love,
I´Ve Just Seen A Face,
And I Love Her,
Blackbird,
Here Today,
Dance Tonight,
Mrs Vanderbilt,
Eleanor Rigby,
Something,
Sing The Changes,
Band On The Run,
Obla Di Obla Da,
Back In The Ussr,
I’ve Got Feeling,
Paperback Writter,

A Day In The Life,
Let It Be,
Live And Let Die,
Hey Jude, 
Day Tripper,
Lady Madonna,
Get Back,  
Yesterday,
Helter Skelter,
Sgt Pepper,

PAULMCCARTNEY04
São aproximadamente 3 horas de show com clássicos. No meu Twitter @analulinha eu postarei várias fotos da entrada do show, durante o show e na saída. 4 longas horas de espera que valerão muito a pena.
É isso! Essa postagem foi para inaugurar a nossa nova tag: Música!
Beijos!!

Nenhum comentário: