22 de abr de 2011

Emma pode ter deixado universidade após ter sido vítima de Bullying

Emma Watson no BAFTA 2011
Bom dia.
Ao ler esta notícia eu fiquei um pouco chocada. Pensar que Emma Watson sofria bullying na Brown (universidade localizada nos EUA) seria uma das últimas coisas que eu pensaria.
Todos já devem saber o que é bullying, certo? Pois é. De uma simples provocação, pode virar algo muito maior como por exemplo, colocar um objeto roubado na mochila da escola de um aluno que sofre bullying. Quem comete, é uma pessoa insegura de si, e que provavelmente já sofreu. Quem sofre, pode recorrer não somente aos pais, mas a Polícia, pois muitos dos casos de bullying podem ter discriminação de sexo, cor e raça no meio. Aí a coisa complica.

   De acordo com o 'New York Daily News' Emma pode ter parado de frequentar a Universidade Brown, onde cursava Artes, por ser constante alvo de piadas dos colegas.
   Quando respondia a uma pergunta e acertava, os colegas gritavam 'três pontos para Grifinória!' expressão muito utilizada quando sua personagem na saga Harry Potter, Hermione Granger, acertava uma pergunta nas aulas que tinha, e por isso, recebia pontos para sua casa, que era Grifinória.
   O jornal ainda afirma que em uma partida de futebol entre Harvard e Brown, alguns torcedores citavam frases de Harry Potter para a atriz durante o jogo.
   Para sua saída da universidade, Emma logo declarou que era para se dedicar mais a sua carreira como atriz, portanto ninguém suspeitaria que ela sofria bullying.
   Um outro caso, foi que Emma teve uma crise de choro   enquanto distribuía autógrafos. “Tive um colapso. Não fiquei histérica, foi mais um choro incontrolável. Todo mundo olhava para mim aterrorizados! ‘O que tem de errado com ela?’ E eu dizia: ‘Me desculpa, mas estou aqui para estudar e quero ser uma estudante. Tudo bem se eu não der autógrafos porque vocês vão me ver a todo momento?’” disse.
   Emma acreditou que a conversa tivesse surtido efeito nos colegas, e que eles passaram a respeitá-la mais. A atriz chegou a pedir para um colega de moradia a assinar um acordo de confidencialidade rigoroso antes de começarem a viver sob o mesmo teto.

Fonte: Revista Quem (texto modificado por mim)
Lembrem-se: Se vocês recebem apelidos maldosos na escola, são vítimas de piadas o tempo inteiro etc. conversem com o diretor (a) da sua escola e com seus pais. Bullying NÃO pode continuar!
Beijos e fiquem com Deus.

Nenhum comentário: